5 nov 2019 às 12:08 am

Criança é internada em hospital da PB após ingerir moeda

Foto: Divulgação

Uma criança de dois anos de idade foi internada nesta segunda-feira (4) no Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, após ingerir uma moeda de R$ 0,50. Segundo a assessoria de imprensa da instituição de saúde, o fato ocorreu há sete dias na cidade de Frei Martinho, no Curimataú paraibano, a 193 km de João Pessoa.

Conforme informações passadas pela equipe médica do hospital à reportagem da TV Correio, a criança acabou engolindo a moeda enquanto brincava na casa da avó. O objeto estava em cima de uma estante. Ao perceber o fato, a família a levou inicialmente para uma unidade de saúde local e, depois, ela foi encaminhada ao Trauma.

Um exame de raio-x contatou que a moeda está alojada no intestino. A criança passou por uma avaliação e foi verificado que ela não está com o organismo obstruído. Ela seguirá internada no hospital em observação e se espera que o objeto seja expelido naturalmente pelas fezes.

De acordo com o médico Ewerton Franco, cirurgião pediátrico do Hospital de Trauma de Campina Grande, é comum o atendimento na instituição de crianças com relato de ingestão de corpos estranhos, desde objetos variados a substâncias químicas. Ele oferece conselhos sobre as atitudes básicas que a família tem que tomar caso o problema ocorra.

“De imediato tentar identificar qual foi o objeto que foi ingerido acidentalmente, procurar o serviço de saúde mais próximo e trazer para o profissional avaliar”, disse o médico, que explica que a partir da apuração do caso será determinada qual conduta deverá ser adotada para o tratamento. Ele revela ainda que menos de 1% dos casos necessitam de intervenção cirúrgica.

A assessoria de imprensa do Trauma divulgou que, de janeiro a outubro deste ano, houve a retirada de 3.335 corpos estranhos de pacientes do hospital.

Fonte: Portal Correio com informações de Amy Nascimento, da TV Correio

O que achou disso?