24 maio 2017 às 9:57 am

Curtinhas: Masvidal diz que derrota para Demian “queima como uma DST”

Profissional de MMA desde 2003, Jorge Masvidal precisou lidar com a derrota em algumas oportunidades ao longo dos anos. Com 44 lutas na carreira, o atleta perdeu 12 confrontos, ou seja, 27% dos duelos. Apesar de não ter um número tão baixo de resultados negativos, o lutador afirmou que o revés para Demian Maia, no UFC 211, no dia 13 de maio, o sentimento após a luta foi o pior já vivido. Masvidal fez uma comparação, no mínimo, curiosa para explicar a dor que sentiu com o resultado.

– Uma derrota é uma derrota, mas essa é estranha, porque dói em mim. Está queimando, cara. Queima como a p*** de uma DST. Toda vez que acordo para mijar, isso queima, cara. E não estou falando de DST, estou falando da vida real, porque eu odeio perder.

Masvidal também afirmou que, dez dias depois da derrota, ainda pensa no duelo, por ter se sentido pessoalmente afetado pelo revés.

– Isso me incomoda no nível pessoal. Sei que no lado do negócio, muitas pessoas dizem que isso não me afeta, mas, para mim, no lado pessoal, essa derrota foi a que mais me incomodou, possivelmente em toda a minha carreira. Essa foi tipo: “cara, que m***”. Me incomoda como nenhuma das outras derrotas – claro que ela incomodam por causa do pagamento, mas sou o tipo de cara que vai à loucura se for segurado por dez segundos no treino. Eu ainda penso sobre isso (a derrota para Demian). Ainda tenho que lidar com isso, esse cara conseguiu fazer isso por mais que dez segundos na luta. Tenho que consertar isso – finalizou.
Fonte: Globosporte.com

O que achou disso?