7 nov 2019 às 3:34 pm

Em Monte Horebe: Prefeitura beneficia agricultores com construção de açudes

(Foto: Reprodução)

A prefeitura de Monte Horebe, através das secretarias de agricultura e infraestrutura, iniciou mais um programa de apoio aos agricultores do município, desta vez com foco na recuperação e estruturação de pequenos açudes e reservatórios.

A prefeitura e os agricultores querem estar preparados para as chuvas que podem cair ainda em dezembro de 2019 e entre janeiro e junho de 2020.

Como a precipitação de chuvas é normalmente muito limitada na região, a ideia é armazenar o máximo e desperdiçar o mínimo possível. Em sintonia com outros programas que buscam instrumentalizar os agricultores para o aproveitamento máximo da água, a construção e recuperação de pequenos açudes é a base de um trabalho que pode ampliar os benefícios para os agricultores e suas famílias.

Para o prefeito Marcos Eron, “o ideal é que cada palmo de terra que ofereça condições topográficas para acondicionar água seja preparado com este objetivo. Infelizmente os recursos são limitados, mas os agricultores estão tendo todo apoio que a prefeitura pode dispor. São tratores e escavadeiras operadas por técnicos experientes que conseguem fazer em poucas horas o que dez homens levariam semanas ou meses para fazer. Muitas famílias já foram atendidas e continuaremos com este trabalho enquanto houver condições climáticas”, garante o prefeito.

Para participar do programa e receber o benefício, qualquer agricultor do município, que tenha frações de terra com condições de serem trabalhadas e adequadas para o armazenamento de água, pode procurar a prefeitura e solicitar a parceria. Diá Dantas, agricultor que tem a sua terra no sítio Chapada, destaca a importância desse apoio da prefeitura: “em anos anteriores eu cheguei a pagar em torno de 3 mil reais por um serviço que nem se compara com este que está sendo realizado gratuitamente pela prefeitura. Agradeço muito e espero que a chuva venha logo, porque agora estou preparado”, destaca, com entusiasmo, o agricultor.

Valmir Rodrigues, do Sítio Cavalo , esperava há muito tempo por uma oportunidade que pudesse lhe garantir o direito de plantar com o mínimo de segurança hídrica. “quando a gente tem água a gente pode trabalhar e garantir que o fruto vai vingar. Se tem mais água, plantamos mais, se tem menos plantamos menos, mas se não tem um açudezinho pra garantir é muito fácil perder tudo quando a chuva não vem na hora que a planta precisa. Por isso essas máquinas são uma bênção. Espero que a chuva chegue logo e encha o meu açude”, afirma o agricultor.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Fonte: Silvano Dias

O que achou disso?