14 jul 2017 às 11:02 am

Farmacêutico é morto por cliente por não vender remédio controlado

Um crime impressionante deixou assustados os moradores de Cianorte, no estado do Paraná.

Um homem com problemas mentais atirou na própria mãe e assassinou um farmacêutico após não conseguir comprar remédio de uso controlado na tarde dessa quarta-feira (12).

Segundo familiares, o homem de 29 anos tem esquizofrenia e teria tentado comprar o remédio de tarja preta na manhã de quarta-feira (12), mas não conseguiu por estar sem a receita médica. Ele então foi para casa e avisou a mãe que mataria o farmacêutico. Na tentativa de evitar que o crime fosse cometido pelo filho, a mulher foi atingida na cabeça com um tiro de raspão. Ela está internada em estado grave.

Até a manhã desta quinta-feira (13), o assassino ainda não havia sido encontrado pelos policiais militares que realizam buscas na cidade e região. A arma utilizada no crime também não foi localizada.

O assassinato foi gravado por câmeras de segurança. Nas imagens, é possível ver o atirador chegando em uma moto com uma arma de cano longo enrolada em um plástico bolha. Do lado de dentro da farmácia, o funcionário não tem tempo de reagir e é atingido na cabeça por um tiro fatal.

Fonte: COFEMAC

O que achou disso?