25 out 2018 às 5:11 pm

Fiscalização flagra desvio de água de adutora pela 2ª vez

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), regional Espinharas, flagrou um barramento ilegal na adutora Coremas/Sabugi pela segunda vez. O desvio foi feito para beneficiar o abastecimento de um açude em uma chácara próxima ao município de Quixaba, no Sertão paraibano.

De acordo com a delegada Sílvia Alencar, da Polícia Civil, responsável pela região, a perícia foi ao local e constatou a irregularidade, destruindo o barramento.

Em 2012, o mesmo trecho da adutora, Patos/Assunção, foi alvo de um desvio. Segundo a Cagepa, o açude é de pequeno porte e não foi feito o cálculo de perda ou prejuízo provocado pelo barramento.

“É um trabalho de rotina da Cagepa, Regional das Espinharas, para garantir água tratada para 17 cidades atendidas pelo sistema adutor Coremas/Sabugi e mais três derivações”, disse a companhia ao Portal Correio.

Portal Correio

O que achou disso?