2 set 2019 às 9:45 pm

Homem é preso suspeito de falsificar documentos na venda de imóveis

Homem é preso suspeito de falsificar documentos na venda de imóveis, em Campina Grande — Foto: Reprodução/Polícia Civil/Divulgação

Um homem foi preso na tarde do domingo (1º) suspeito de realizar vendas irregulares de imóveis em Campina Grande. De acordo com o delegado Jerônimo Barreto, da Delegacia de Defraudações e Falsificações, o homem era investigado por falsificar documentos durante a venda de imóveis nos bairros da Prata e no Centro da cidade. Os imóveis, avaliados em cerca de R$ 2,5 milhões, teriam sido vendidos em 2018.

Conforme o delegado, já havia um mandado de prisão preventiva contra o homem. As transações realizadas pelo suspeito ocorreram com uso de procuração que, segundo a polícia, eram obtidas para viabilização de locações. Além disso, o homem falsificava as assinaturas, induzia o erro das partes envolvidas no negócio e alegava falsa necessidade urgente de recursos financeiros para tratamento de saúde.

Ainda segundo a polícia, o suspeito nunca realizou prestação de contas dos valores recebidos, da utilização de parcela das quantias em viagem internacional ou de outras despesas. Ao ser preso, o homem se identificou como médico, mas, de acordo com a polícia, não há comprovação de que o suspeito tenha concluído o curso de medicina ou mesmo tenha registro no órgão de classe.

Na manhã desta segunda-feira (2), a polícia informou que o suspeito foi encaminhado para a Central de Polícia Civil de Campina Grande, onde permanece à disposição da Justiça.

Fonte: G1 PB
02/09/2019

O que achou disso?