14 fev 2019 às 8:05 pm

Homem ferido em tiroteio entre policiais, na PB, tem estado de saúde considerado grave

Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

O estado de saúde do homem que ficou ferido durante o tiroteio entre um policial militar e dois policiais civis é considerado grave, de acordo com o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Ele ficou ferido e foi levado para a unidade na madrugada desta quinta-feira (14), quando aconteceu o tiroteio, e estava em estado de saúde estável. Durante um tiroteio, o soldado Davi Cristiano das Neves Pereira foi atingido e morreu no local.

De acordo com a PM, que esteve no local, a vítima estava bebendo no estabelecimento com outra pessoa, que também foi atingida pelos disparos e ficou ferida.

Conforme relata o tenente Marcones, da Polícia Militar, os dois policiais civis estavam sentados em uma mesa do bar e teriam achado suspeita a atitude de dois homens que também estavam bebendo em outra mesa. Então, os policiais civis foram até a mesa e abordaram os dois. Foi quando iniciou uma discussão e deu início ao tiroteio dentro do bar. No entanto, a Polícia Civil ainda investiga o que teria motivado o início do tiroteio.

O soldado Davi morreu no local com dois tiros na região torácico. O outro homem, que não é policial, ficou ferido e foi encaminhado ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

Segundo a polícia, o soldado Davi Cristiano, de 34 anos, do 5º Batalhão da Polícia Militar, respondia a processo disciplinar por dois crimes ocorridos em 2014 e 2015. Ele também foi detido no dia 26 de janeiro em uma operação da PM em uma casa de show no bairro Portal do Sol por porte ilegal de arma, já que o porte estava suspenso por conta da investigação.

Os dois policiais civis que efetuaram os disparos foram encaminhados para a Central de Polícia Civil, em João Pessoa, para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido.

Fonte: G1 PB

O que achou disso?