9 out 2019 às 3:02 pm

Ignorado dentro do PSL na Paraíba, deputado Moacir Rodrigues tem carta branca para deixar sigla sem incorrer em sanções

Ignorado dentro do PSL na Paraíba após protagonizar embates com o presidente da legenda no Estado, Julian Lemos (PSL), o deputado estadual Moacir Rodrigues, irmão do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD) tem carta branca para deixar a agremiação, inclusive, com a garantia de que não sofrer as sanções por parte da legenda.

A declaração foi dada pelo próprio Julian, que ainda emendou lembrando que o que Moacir fala ou faz não lhe interessa em nada.

“Para ser sincero, a opinião de Moacir para mim não me interessa em nada. Nem me pergunte sobre Moacir”, disse.

Quando relembrado que Moacir ainda era filiado ao PSL. Julian então emendou: “E daí que ele é do meu partido? Eu dou a carta dele a hora que ele quiser, eu não peço o mandato dele não, mas eu não tenho nada para dizer a ele, nada”, arrematou.

Não é de hoje que o clima entre Moacir Rodrigues e o presidente do PSL anda estremecido. A troca de farpas entre a dupla já ganhou, inclusive, repercussão em uma matéria na Folha de São Paulo. Na ocasião, Moacir tachou Julian de Coronel, já Julian classificou o correligionário de ‘João Cana Brava’, fazendo uma alusão ao personagem alcoólatra interpretado pelo humorista Tom Oliveira.

Fonte: Blog do Ninja

O que achou disso?