12 nov 2018 às 1:41 pm

Indicada por ruralistas, ministra da Agricultura defende agrotóxicos

Primeira mulher indicada a um ministério no próximo governo, a deputada federal Tereza Cristina Dias (DEM-MS) vai cuidar da Agricultura. O presidente eleito, Jair Bolsonaro, anunciou nesta semana que a pasta ficará a cargo da parlamentar em seu governo. Em entrevista ao Globo Rural, a deputada, que teve apenas um breve encontro com o presidente eleito, nasceu no Mato Grosso do Sul, é formada em Agronomia e lidera a Frente Parlamentar da Agropecuária no Congresso. A parlamentar defende ainda o uso de agrotóxicos e revelou sua visão sobre temas importantes da pasta.

Após a decisão de não fundir Ministério do Meio Ambiente e Agricultura, Tereza Cristina diz que é importante a sinergia entre as duas pastas. Sobre a polêmica do uso do agrotóxico, a parlamentar considera que o uso deve continuar. “O projeto de lei que está tramitando na Câmara é uma lei que traria modernidade, que traria governança, transparência, para que o produtor brasileiro tivesse produtos de geração mais nova no mercado mais rapidamente. Esses produtos são mais ‘tecnificados’, eles atenderiam, seriam menos tóxicos, se usaria menor quantidade, menos pulverizações.”

Fonte: Notícias ao Minuto

O que achou disso?