23 out 2018 às 1:48 am

Jornalista diz que rádio de Cajazeiras está ultrapassado e precisa repensar conteúdo para não ‘morrer’

O jornalista cajazeirense Gutemberg Cardoso, radicado em João Pessoa, onde fundou o site de notícias Polêmica Paraíba e também atua como radialista, criticou a maneira como é feito radialismo na sua terra-natal. Para Gutemberg, o rádio de Cajazeiras está ultrapassado.

A crítica, que ele também considera um conselho, foi feita em entrevista à TV Diário do Sertão, quando Gutemberg deu sua opinião sobre o fim das rádios AM no Brasil.

O experiente jornalista, que também trabalhou como radialista durante muitos anos em Cajazeiras, alertou os produtores e locutores de rádio sobre o risco de falir se as emissoras não se modernizarem e, principalmente, se não repensarem a forma de fazer rádio.

“Vale para Cajazeiras também. Eu acho que não estamos tendo em Cajazeiras um repensar do conteúdo. Eu ouso, pela minha experiência, dar conselhos. É preciso repensar o rádio que está sendo feito. Eu volto a Cajazeiras e está sendo feito o rádio que eu fazia a 18 anos atrás”, avaliou.

“É uma realidade. Vai se modernizando. Daqui a pouco vêm outras plataformas, tem a internet, enfim. Quem for de rádio tem que se preocupar com duas coisas: conteúdo novo, interativo, casado com as redes, e outra coisa: horizonte sempre de tecnologia nova. Quem não se modernizar vai ficando para trás e pode ser tragado pela modernidade”, completou.

DIÁRIO DO SERTÃO

O que achou disso?