27 jun 2017 às 11:27 am

Juiz autoriza leilão de mansão e joias de Cabral e Adriana Ancelmo

O pedido de alienação dos bens vai ao encontro, ao meu sentir, dos próximos interesses dos acusados, na medida em que pretende evitar a depreciação dos bens e a redução exponencial do seu valor, enquanto os acusados não podem deles desfrutar propriamente. Assim, a medida pretende também proteger o patrimônio total dos acusados, caso ele venha a ser absolvido pelos órgãos jurisdicionais”, disse o juiz, em seu despacho.

“Quanto ao imóvel, ainda que se defenda que o valor de mercado não se reduz com tanta facilidade, a medida também é autorizada pela Lei de Lavagem de Dinheiro, tendo em vista que a dificuldade para manutenção é inegável, uma vez que o casal proprietário está custodiado pelo Estado, sem poder dispensar os devidos cuidados à casa”, acrescentou.

O total arrecadado será mantido numa conta judicial até a conclusão do processo contra o casal. Só então será definido o destino final dos recursos. Ainda não há data prevista para o leilão, que ficará sob a responsabilidade do leiloeiro Renato Guedes.

Fontre: Jornal do Brasil

 

O que achou disso?