28 jun 2017 às 11:57 am

Padrasto é suspeito estuprar enteada na Paraíba

Policiais civis da Delegacia de Repressão aos crimes contra a Infância e Juventude prenderam, nesta terça-feira (27), em Campina Grande, um homem suspeito de abusar sexualmente da enteada de 13 anos. A prisão aconteceu na Vila Cabral de Santa Terezinha após a polícia ser informada que o homem, foragido há alguns meses, tinha retornado ao bairro.

Em entrevista ao Portal MaisPB, a delegada responsável pelo caso, Alba Tânia Abrantes, contou que na época do crime a própria adolescente havia  procurado a delegacia para denunciar que estava sendo molestada pelo padrasto. As investigações apontam que os abusos aconteciam antes mesmo da família ir morar na Rainha da Borborema.

A garota revelou que os abusos ocorriam na casa onde eles moravam, quando ela estava só e principalmente durante a noite quando a mãe dela estava dormindo.

“Contou que ele tocava nas suas partes íntimas e só não houve conjunção carnal porque ela não deixava”, disse a delegada acrescentado:

“Hoje ela tem 13 anos, mas os abusos aconteciam desde quando ela era criança”, afirmou.

A mãe da menina também foi ouvida, mas afirmou que não tinha conhecimento da prática da violência sexual contra a filha.

O suspeito vai ser apresentado em audiência de custódia onde o juiz  determinará o presídio onde ele será encaminhado até o julgamento.

Fonte: COFEMAC

 

O que achou disso?