22 nov 2018 às 4:10 pm

PF desarticula grupo suspeito de fraudar licitações no Nordeste

Uma operação da Polícia Federal (PF) que acontece nos estados da Paraíba e Ceará cumpre 15 mandados de prisão, 27 de busca e apreensão e 17 de sequestro de bens nesta quinta-feira (22). A Operação Recidiva tem como objetivo desarticular uma organização criminosa responsável por fraudar licitações públicas em vários municípios da Paraíba, Ceará, Pernambuco, Alagoas e Rio Grande do Norte desviando verba pública e fraudando os fiscos federal e estadual. A operação é realizada em conjunto com o Ministério Público Federal e o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU).

Os investigados estão sendo encaminhados à sede da Delegacia de Polícia Federal de Patos, no Sertão do estado. Os crimes apurados nesta operação são os de corrupção, lavagem de dinheiro, organização criminosa, fraude à licitação, entre outros. De acordo com a PF, os crimes aconteceram entre os anos de 2015 e 2018 e gerou um prejuízo de R$ 20 milhões por fraudes na execução das obras de construção civil.

Os mandados estão sendo executados em residências, estabelecimentos comerciais e prefeituras dos municípios paraibanos de João Pessoa, Barra de Santa Rosa, Brejo do Cruz, Emas, Imaculada, Juru, Patos, São José do Bonfim, São Sebastião de Lagoa de Roça e Teixeira, além de Fortaleza e Quiterianópolis no estado do Ceará. Todos os móveis e imóveis dos envolvidos serão sequestrados pela Justiça, até chegar ao valor total R$ 2,3 milhões, para ressarcir os danos ao patrimônio público.

Fonte: OP9

O que achou disso?