11 out 2019 às 4:11 pm

Prefeito Antônio Lopes realiza uma das piores gestões da história de Coronel João Pessoa; Ex-prefeito Pachica assiste calado desmantelo do péssimo administrador que ajudou a eleger.

(Foto: Reprodução)

Caminhando apressadamente para o último ano de seu mandato à frente do Poder Executivo de Coronel João Pessoa, o atual prefeito Antônio Lopes Filho (PSB) até agora não conseguiu acertar o rumo de sua gestão, pelo menos é o que consta nos relatos chegados à nossa página. Alguns até um tanto quanto exagerados, sobretudo quando apresentam um quadro de total abandono, como se o município estivesse entregue às moscas, literalmente.

Exageros à parte, o fato é que a gestão do prefeito Antônio Lopes tem enfrentado duras críticas, praticamente, em todas as áreas, não só pelos integrantes do grupo oposicionista que possuem mandato no Poder Legislativo, mas, também, por parte da população de forma geral que, detalhe: está insatisfeitíssima com os inúmeros descasos administrativos cada vez mais factíveis.

Só para se ter uma ideia, pelo que nos foi repassado, no município de Coronel João Pessoa os serviços mais básicos estão sendo renegados à população, principalmente na área da Saúde, já que as denúncias expõem uma constante falta de médicos plantonistas no Hospital local, sendo que o único profissional médico que atende a população trabalha apenas dois dias por semana na zona urbana e um dia na zona rural, realidade crítica que não atende a demanda dos habitantes da cidade que, frequentemente, optam por se deslocarem mais de 10 km subindo uma enorme serra para serem atendidos no Hospital de São Miguel.

Isso sem falar na dificuldade da população quanto a realização de exames básicos, dentre outros problemas como a ausência de medicamentos na Farmácia Básica, a paralisação da obra referente a uma Academia do Idoso que já deveria estar em funcionamento, mas está totalmente abandonada, e até a falta de materiais essenciais de pronto socorro como soros, gazes, esparadrapos, seringas e outros itens indispensáveis para uma Unidade de Saúde.

A realidade administrativa atual de Coronel João Pessoa é tão descabida que os desmandos passam, também, pela constatação de várias obras inacabadas, inclusive algumas delas deixadas pela gestão anterior, que foi comandada pelo ex-prefeito Pachica que, diga-se de passagem é uma ótima pessoa, mas que escolheu um sucessor para apoiar que, aparentemente, não entende nada de gestão pública.

Outra denúncia que nos foi encaminhada dá conta do sucateamento da frota escolar do município, que possui cinco ônibus, mas apenas um estaria funcionando, algo que tem prejudicado os alunos da zona rural que, para não perderem as aulas, precisam se virar pedindo caronas ou até caminhar a pé até às suas respectivas escolas.

(Foto: Reprodução)

Em meio aos desmantelos no antigo Baixio de Nazaré, há quem jure “de pé junto” que Coronel João Pessoa só está enfrentando todo este caos administrativo porque o ex-prefeito Pachica sabia muito bem quem estava escolhendo para sentar na cadeira de prefeito, já que, segundo os comentários, o desgaste de Antônio Lopes abreviaria o retorno do ex-gestor, ou quem sabe um de seus descendentes, ao comando do município nas eleições de 2020.

Neste caso, em sendo verdade tal teoria, o atual prefeito apenas estaria “cumprindo tabela” para seu “padrinho político” voltar a governar a cidade, algo lamentável, pois evidenciaria um jogo dissimulado de manipulação popular visando garantir a continuidade de uma oligarquia política mofada, estratégia do “arco da velha” mas que, se a oposição de Coronel João Pessoa não alertar a população, poderá atingir seu objetivo maquiavélico.

Mas… depois da publicação desta matéria, tenho a mais absoluta certeza, e até torço por isso, nem que seja na base da pressão, que pelo menos alguma coisa o prefeito Antônio Lopes irá fazer para tentar atenuar sua imagem de péssimo gestor. Só não vale querer “tapar o sol com a peneira” com ações paliativas ou se fazer de desentendido, pois em tempos de insatisfação geral com a classe política, dar uma de “João sem braço” não vai colar, e as redes sociais estão aí à disposição da população para denunciar livremente os políticos incompetentes ou espertalhões que não fazem nada, nada, nada!

Se liga prefeito, o povo está “pê da vida” com vossa excelência. O ex-prefeito também, já que foi Pachica quem garantiu ao povo que Antônio Lopes seria a melhor opção para Coronel João Pessoa.

Que situação constrangedora para os dois políticos, hein? Todavia, aguardemos pelo desenrolar dos acontecimentos. Talvez algo mude até a próxima matéria.

Oremos, rezemos… “fé no Pai, que o diabo cai!”

Fonte: Politica Pau-Ferrense
Clodoeudes Fernandes
quinta-feira, outubro 10, 2019

O que achou disso?