10 out 2016 às 7:28 pm

PT na PB acompanha enfraquecimento nacional e elege apenas um prefeito no estado

O resultado das eleições deste ano para o PT na Paraíba não foi diferente do resto do país, em que o partido sofreu a pior derrota no pleito municipal. A legenda dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff só conseguiu eleger um prefeito no estado e cinco vices-prefeitos.

Nas eleições de 2012 o partido já não tinha obtido um bom resultado, vencendo apenas em seis municípios. A expectativa, de acordo com a presidente do partido na Paraíba, Giucélia Figueredo, era que o número fosse ampliado, mas a legenda não obteve sucesso caindo ainda mais no número de prefeitos eleitos.

O deputado estadual Anísio Maia (PT) reconheceu a derrota do partido e defendeu que o PT faça uma autocrítica.

“Nós saímos muito arranhados. Nós diminuímos de tamanho em todo o Brasil, não tenho a menor dúvida disso, fomos derrotados no pleito eleitoral e temos que avaliar essa derrota com muita tranqüilidade”, disse.

Ele também analisou que os demais partidos não tem motivos para comemorar, pois, segundo o petista, o número da abstenção, votos nulos e brancos foram elevados em toda a Paraíba.

“Ninguém pode comemorar, pois a maioria do eleitorado voto nulo, é tanto que o candidato mais votado em São Paulo teve menos votos que abstenção, votos brancos e nulos, mostrando que ele também não tem legitimidade”, pontuou.

O PT elegeu esse ano o prefeito de Picuí, com o Jean Morais e os vice-prefeitos em Cajazeiras, Lastro, Pedra Lavrada, Santa Cruz e Sapé, com Marcos do Riacho do Meio, Lastro Rogis Bezerra, Pedra Lavrada João de Deus, Santa Cruz Helinho e Sapé Edson Silva, respectivamente. Para vereador foram 64 eleitos em todo o estado.

O que achou disso?