17 jul 2019 às 10:12 pm

Suspeito de agredir companheira após ela ir a posto de saúde sem ‘autorização’ dele é preso, na PB

Caso foi atendido na Delegacia da Mulher, em João Pessoa — Foto: Reprodução/Secom-PB/Divulgação

Um homem foi preso no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, após tentar esganar a companheira na presença da filha do casal, de apenas dois meses de idade, nesta quarta-feira (17). De acordo com a Polícia Civil, a mulher contou que o suspeito agiu agressivamente porque a vítima foi ao posto de saúde sem pedir a “autorização” dele.

A delegada de atendimento à Mulher da Zona Sul da capital paraibana, Cláudia Germana Santos, relatou que a vítima chegou à delegacia com muitas lesões. “Ela disse que o companheiro é muito violento e ciumento. Ele a proibia de manter contatos com amigos e parentes”, declarou a delegada.

Segundo a polícia, a vítima relatou, em depoimento, que vive há um ano com o suspeito. Ela afirmou ainda que foi agredida com socos no rosto, puxões de cabelo e teve o pescoço apertado, além de ter sido alvo de agressões verbais do companheiro, que a xingou com palavras de baixo calão.

O pedreiro foi preso no local de trabalho, após ser localizado pelos investigadores da delegacia. Conforme a Polícia Civil, o homem foi autuado em flagrante delito por lesão corporal e injúria, com base na Lei Maria da Penha e no Código Penal Brasileiro.

Fonte: G1 PB

O que achou disso?