7 jun 2017 às 11:30 am

Tenente PM fala sobre acusação de fraudar vestibular

Após ser acusado de tentativa de fraude durante vestibular para o curso de medicina em uma instituição de ensino superior e ser detido no local, o tenente Moisés falou em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (05), em João Pessoa.

Ele foi detido no sábado (03) e posto em liberdade no domingo (04). Durante a coletiva de imprensa, o tenente pôde explanar os fatos.

O oficial da Polícia Militar apresentou seus currículos acadêmicos que comprovam suas conquistas aos 34 anos de idade. Moisés é formado em Direito e atualmente cursa Odontologia.

Segundo o tenente, houve uma ação arbitrária e ilegal por parte do delegado Lucas Sá, responsável pela operação que culminou com sua prisão, sem direito a defesa prévia.

Moisés afirmou ainda que o delegado poderia acessar o sistema on-line, comprovando que a nota apresentada era a correta. E, caso houvesse erro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep, deveria ter sido consultado para que a dúvida fosse sanada e não houvesse maiores transtornos.

Segundo o tenente, não havia materialidade que comprovasse uma possível fraude. Após todo o ocorrido, o militar afirmou que acionará a Justiça e vai prestar todos os esclarecimentos que forem solicitados durante o inquérito.

Fonte: COFEMAC

O que achou disso?