23 set 2017 às 11:52 am

VÍDEO: Durante Marcha pra Jesus, pastor da região de Cajazeiras diz que Temer não representa os cristãos


Pastor condena impeachment de Dilma e diz que… por playdiario

O pastor Claudemir França, da Igreja Água da Vida, opinou sobre a crise política no Brasil durante a 14ª Marcha para Jesus na cidade de São José de Piranhas. Assim como declarou o cantor Davi Sacer no mesmo evento, o pastor Claudemir também avalia o atual momento político como uma limpeza divina que está acontecendo e que era necessária.

“A crise na nossa nação é vergonhosa, mas precisava acontecer isso. Nós chegamos num nível que não tinha como esconder o que estava acontecendo, então eu entendo isso como uma resposta de Deus. Toda limpeza tem que ter bagunça, mas o importante é o resultado final, e nós cremos que o que está acontecendo na nossa nação é uma limpeza”, disse o líder religioso.

 

VEJA TAMBÉM: No Alto Sertão, famoso cantor gospel diz que crise política é resultado de oração dos evangélicos

“As riquezas da nossa nação são concentradas em uma minoria por conta de administradores corruptos. O Brasil é conhecido como o país do jeitinho, mas nós cremos que isso vai mudar. É por isso que eu vejo essa limpeza como um ponto positivo”, completou.

Pastor Claudemir também se posicionou contra o presidente Michel Temer (PMDB), afirmando que, por ter sido vice-presidente de Dilma, Temer estaria supostamente envolvido com as mesmas questões que levaram a ex-presidente ao impeachment. Sendo assim, ele também deveria ter sido barrado.

O líder religioso disse que a comunidade cristã não se sente representada pelo presidente: “Eu e a maioria dos cristãos não entendemos que Michel Temer seja nosso representante”, pontuou.

Fonte: DIÁRIO DO SERTÃO

O que achou disso?