31 jul 2020 às 1:29 pm

Visitação a Unidades de Conservação segue suspensa na Paraíba

Ilha Areia Vermelha é um dos locais que não podem ser visitados (Foto: Reprodução/Arquivo/Jornal CORREIO)

A Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) prorrogou, por mais 15 dias, a suspensão da visitação pública nas Unidades de Conservação Estaduais. A medida, publicada nesta sexta-feira (31), no Diário Oficial da União (DOE), acontece em prevenção à disseminação do novo coronavírus.

Estudos científicos com autorizações já expedidas pela autarquia estão mantidas, desde que o número de pesquisadores não seja maior que três. A Sudema disponibiliza atendimento telefônico para esclarecimento de dúvidas junto à Coordenadoria de Estudos Ambientais, no número (83) 3221-6161.

Unidades de Conservação criadas pela Paraíba

Parque Estadual das Trilhas, em João Pessoa
Refúgio de Vida Silvestre (RVS) Mata do Buraquinho, em João Pessoa
Parque Estadual Marinho de Areia Vermelha, em Cabedelo
Área de Proteção Ambiental Naufrágio Queimado, em João Pessoa e Cabedelo
Mata do Xém-Xém, em Bayeux
Área de Proteção Ambiental de Tambaba, em Conde, Alhandra e Pitimbu
Estação Ecológica do Pau-Brasil, em Mamanguape
Área de Relevante Interesse Ecológico de Goiamunduba, em Bananeiras
Área de Proteção Ambiental do Roncador, em Bananeiras e Pirpirituba
Parque Estadual do Poeta e Repentista Juvenal de Oliveira, em Campina Grande
Pedra da Boca, em Araruna
Parques Estaduais da Mata do Pau Ferro, em Areia
Área de Proteção Ambiental do Cariri, em Cabaceiras, Boa Vista e São João do Cariri
Pico do Jabre, em Maturéia
Monumento Natural Vale dos Dinossauros, em Sousa
Área de Proteção Ambiental das Onças, em São João do Tigre

Fonte: Portal Correio
31/07/2020

O que achou disso?