4 jun 2017 às 12:56 pm

Rebelião deixa sete mortos em centro para menores infratores na Paraíba

Sete adolescentes morreram durante uma rebelião num abrigo para menores infratores, na Paraíba. Foi na cidade de Lagoa Seca, perto de Campina Grande.

A movimentação de parentes foi grande do lado de fora do Centro Educativo Lar do Garoto durante o dia todo. Alguns chegaram a subir no portão em busca de notícias dos mortos, e a cada nova informação, as mães se desesperavam.

Quem era convidado a entrar recebia a má notícia. Já estava escuro quando a lista com os nomes dos feridos e dos sete mortos foi divulgada.

Segundo a direção, o tumulto começou por volta das duas da manhã deste sábado (3), durante uma fuga. Dezessete adolescentes conseguiram escapar, mas os que ficaram começaram a brigar.

Colchões e móveis foram queimados. Algumas vítimas morreram carbonizadas.

Só no meio da manhã, quando polícia e Corpo de Bombeiros conseguiram entrar, os corpos foram retirados.

“Foi uma ação muito violenta, não tem um motivo diretamente ligado. Eles falam da fuga, que houve uma fuga e que houve covardia, a fala deles é nesse sentido”, diz o comandante da PM de Campina Grande, Victor Lamark.

A superlotação pode ser um dos motivos da rebelião. O lar tem capacidade para cerca de 90 jovens, mas abrigava mais de 200.

Fonte: Jornal Nacional

O que achou disso?